google-site-verification=GVZvN1NT6EnA4ZTs8HoPJXpWQCFNsRAGFllGxBzY9Eg
Ideias para Empreender

Lista de materiais para fazer bolo no pote

0

Na lista de materiais para fazer bolo no pote não pode faltar a batedeira, as formas, os ingredientes da receita e as embalagens. Abaixo eu trago uma lista com tudo que você vai precisar para começar a sua produção e trabalhar.

1 – Batedeira

Existem vários tipos de batedeira, mas para o seu negócio duas são as mais específicas. Veja a diferença de cada uma delas e escolha a que atenderá às suas necessidades no momento:

Batedeira portátil

Para você que tá começando a produção agora, essa é a mais indicada por ser a mais compacta, prática e econômica.

O preço dela é muito mais acessível que o das demais, porém a sua durabilidade não é muito grande e por conta da baixa resistência, é possível que precise trocar por outra em um espaço curto de tempo.

Batedeira Orbital

A mais indicada para preparo de bolos e massas mais pesadas de um modo geral, pode ser o investimento perfeito para você. Ela é muito mais resistente e possui uma tigela maior, que te possibilita preparar uma quantidade maior de bolo em menos tempo.

2 – Formas

Se tem um material para fazer bolo que não pode faltar é a forma. O formato não importa, já que a montagem desse doce é dentro da embalagem final, mas é importante investir em uma que seja grande e funda, para que comporte uma quantidade boa de massa e permita o crescimento sem transbordar.

3 – Panelas diversas

Serão mais utilizadas no preparo dos recheios e caso queira diversificar um pouco  o sabor da massa, mas são fundamentais para esse tipo de produção. 

Foque em panelas de qualidade, antiaderentes, que sejam fáceis de lavar e que não muito pesadas, já que será necessário levantá-las na maior parte do tempo.

4 – Liquidificador

Irá te auxiliar no processo de liquidificação de alguns itens, para preparo de recheios específicos, como recheio de frutas, que precise fazer um suco, antes da criação final. 

Além disso, servirá como substituto caso tenha uma demanda em andamento e sua batedeira pare de funcionar. Com ele, você poderá arriscar fazer bolo de liquidificador também.

Você pode aderir um de marca conhecida, mas para uso simples e cotidiano mesmo, sem maiores especificações.

5 – Batedor de claras

Por incrível que pareça, há quem diga que o sabor do bolo no pote feito a mão é muito superior ao feito com batedeira. Se você se enquadra nesse grupo, ou pretende testar essa teoria algum dia, esse batedor de claras não pode faltar em sua cozinha.

Pode também quebrar um galho caso o seu equipamento de produção principal pare de funcionar e também auxilia nos preparos de alguns outros processos. 

6 – Colheres variadas

A colher de pau é uma das mais utilizadas na confeitaria de maneira geral, pois tem como principal função misturar alimentos em cozimento e em altas temperaturas. 

Não arranham as panelas antiaderentes, o cabo não fica aquecido de acordo com a temperatura e não queima facilmente se apoiado na borda da panela. 

Ela é um material para fazer bolo no pote que você não pode deixar de investir, porque além de tudo que falei acima ela ainda tem uma durabilidade maior que muitos utensílios de cozinha. 

Outra colher que você tem que pensar é na de plástico que será entregue ao cliente junto ao pote de bolo, então, veja uma que seja do tamanho ideal para o seu pote e que tenha resistência para partir consistências como a do seu produto.

7 – Aros de corte

Permite que você faça o corte da sua camada de bolo de forma precisa e de acordo com o tamanho da embalagem, para que na hora da montagem, aparente um trabalho bem feito, apesar de que muitas pessoas esfarelam o bolo e jogam leite para que fique mais molhado. 

A apresentação no estilo bolo naked garante um grau de sofisticação ao seu produto, mas ainda que não queira montar de forma organizada, esses aros permitem que você corte a quantidade exata que irá utilizar de massa entre os recheios.

8 – Copo medidor

Um copo ou qualquer outro recipiente de medição te possibilita colocar na receita a quantidade exata do ingrediente requerido, sem pesar a mão, nem colocar de menos, permitindo que os sabores de bolo no pote sejam bem equilibrados e conversem entre si, dando uma leveza na sua produção.

9 – Balança digital

Caso o seu copo medidor não traga medidas menores, talvez tenha que investir nesse instrumento que sem sombra de dúvidas é uma mão na roda, pois auxilia na exatidão e precisão no processo de produção, principalmente, quando você segue receitas desconhecidas.

10 – Potes para armazenamento de ingredientes

Retirar alguns ingredientes que não serão usados de uma só vez da sua embalagem original e colocar em outros potes, permite que ele respire mais e que receba uma umidade adequada, impedindo que estrague.

Afinal, a embalagem só é apropriada para acondicionamento quando está lacrada, a partir do momento que esse lacre é violado, a garantia de conservação fica por sua conta.

11 – Embalagem para bolo no pote

Não tem como fazer bolo no pote para vender sem pensar em como vai entregá-lo ao cliente. A embalagem é muito importante porque funciona como cartão de visita do seu produto e pode ajudar também na divulgação. 

Elas podem ser de plástico ou aqueles potinhos de vidro, em formatos, tamanho e cores diferentes. O que você precisa analisar e verificar nesse caso é se a vedação e resistência são adequadas. 

Inicie com o que for mais em conta e a partir do aumento do lucro poderá agregar um valor maior.

12 – Equipamentos de proteção individual

É importante que o confeiteiro utilize luvas, para evitar que bactérias ou sujeiras das mãos entrem em contato com a comida. As máscaras são necessárias para que gotículas de saliva não sejam direcionadas à sua receita e as toucas funcionam para impedir que o seu bolo seja vendido com o cabelo de brinde.

Não há obrigatoriedade de avental nesse preparo, mas ele ajuda a manter sua roupa limpa e dependendo do material, ele consegue proteger em relação a respingos de líquidos quentes e coisas do tipo.

Os instrumentos de trabalho podem sim modificar a qualidade do seu produto, portanto o investimento inicial pode ser até baixo, mas é possível que com o passar do tempo e de acordo com o aumento de sua demanda, seja preciso gastar mais um pouco e isso é super normal.

13 – Ingredientes para bolo no pote

A gente pode separar os ingredientes em dois grupos: Os que são usados para a massa e os que fazem os recheios. Antes de sair comprando por aí, é importante que já tenha definido o seu cardápio e saiba exatamente o que vai precisar.

Para a massa

Esses são os ingredientes para fazer bolo no pote mais importantes, pois compõe a massa do produto. Por isso, o ideal é que para iniciar uma produção constante para vendas diárias, seu estoque tenha sempre uma quantidade boa de cada um dos itens acima.

Nada impede que acrescente chocolate em pó ou qualquer outro ingrediente nessa massa com intuito de proporcionar uma nova experiência para o cliente, então, basta usar a criatividade.

Verifique a lista:

  • Farinha de trigo;
  • Ovos;
  • Margarina ou manteiga;
  • Óleo;
  • Fermento;
  • Leite ou leite de coco;
  • Açúcar.

Para o recheio

Existem muitos recheios, mas para ajudar nesse processo de compras para o seu bolinho, vou te indicar alguns sabores comuns e seus ingredientes, acompanhe:

  • Nutella com leite ninho (Nutella, leite ninho em pó e leite condensado);
  • Maracujá (suco de maracujá, creme de leite e leite condensado, válido para todos os sabores de fruta);
  • Casadinho (leite condensado e chocolate em pó);
  • Limão;
  • Cenoura com brigadeiro(faz a massa de cenoura e o recheio usa leite condensado e chocolate em pó);
  • Churros(açúcar, canela e doce de leite);
  • Morango;
  • Kit Kat;
  • Twix;
  • Beijinho( leite condensado e coco ralado);
  • Doce de leite.

Como vender bolo no pote?

Pensando em qual material precisa para fazer bolo no pote é utilizado em cada produção, uma forma boa de economizar é trabalhando através de encomenda, porque todos os seus preparos seriam realizados de acordo com pedidos já realizados, não havendo desperdício.

A encomenda pode ocorrer em grande proporção, como para festas, ou em um sistema de delivery que você pode implementar no seu negócio.

Agora, se pretende preparar tudo para vender, tenha em mente que não pode voltar para casa com nada na mão. Mantenha o foco em vendas na porta de colégio nos horários de saída, intervalo, ou troca de turno, ou em salões de beleza, que costuma ser um local onde as mulheres demoram muito tempo e geralmente não têm o que comer. 

Outra forma de conseguir recuperar o dinheiro investido nos materiais é diversificando e inovando bastante o seu produto.

Comece suas compras!

Basta procurar bons fornecedores e seguir sua lista de materiais para fazer bolo no pote que em breve estará colocando excelentes produtos no mercado.

A média de investimento que fará para comprar os itens estocáveis para uma produção de aproximadamente uma semana, gira em torno de R$200 e o valor de venda de cada pote pode variar de acordo com o sabor e com a embalagem final.

Espero que o artigo tenha te inspirado e que você tenha muito sucesso com esse novo projeto. 

Comece seu orçamento e entre para esse mercado super lucrativo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.